Dúvidas em Oftalmologia

Tem alguma dúvida, algum assunto que gostaria de conhecer mais a respeito?

Mande um email para duvidasemoftalmologia@gmail.com

Ou veja se a sua dúvida é a mesma de outros internautas acessando dúvidas e comentários em http://www.duvidasemoftalmologia.wordpress.com

Aguardamos voce!

Anúncios

10 comentários

  1. Em meados de julho de 2010 comecei a ter moscas volantes, aquilo foi terrível para mim, porém surgiu a fotopsia algo incomparavelmente pior que as moscas volantes, com o passar dos meses vieram a fotofobia, de noite eu chegava a ver uns pontos pretos e flashes. Com tudo isso decide ir ao oftalmologista lá ele disse que eu tinha DVP, e por eu ter 14 anos o olho estava sofrendo modificações, na verdade mal acreditei, pensei que era algo pior. Não entendia como um DVP poderia estragar tanto a minha visão. Enfim ele pediu para eu fazer o mapeamento da retina mas acabei não fazendo, percebi que grande parte do que eu via era exagero meu. Como estava menos preocupado com a minha visão os pontos pretos e as moscas nem apareciam, mas a fotopsia e fotofobia continuavam.
    Sendo porém que agora a fotopsia e a fotofobia aumentaram muito e acho que surgiu muito além de um sintoma a própria doença, pois percebo uma certa sombra escura quando olho muito para os lados ou para cima, para baixo, isso seria DR? Uma grande questão é que essas sombras não aumentaram, será que o DR está estagnado?

    Eu sei que quero muito que a minha visão volte ao normal! Se eu tivesse DR e esta seria curada, a fotofobia e a fotopsia também seriam? Eu devo usar alguma lente que diminua os efeitos da fotofobia?
    É terrível olhar para o céu e ver um monte de raios passando e mal conseguir deixar o olho aberto por causa da fotofobia =(
    Responda o mais breve possível.

    Curtir

    1. Matheus,

      Voce deve fazer um mapeamento de retina!Aliás já foi indicado e voce já deveria ter feito!

      Para fazer diagnostico diferencial. Avaliar se existe apenas DPV ou se alguma rotura retiniana mantem os flashes (se for o caso ela tem que ser tratada já).
      Em caso negativo (para rotura), a avaliação mostrará se a presença de tração vitreo-retiniana pode levar a alguma alteração retiniana que exija maior cuidado.

      Medicina que funciona é a medicina preventiva. Não espere acontecer o “imprevisto” para tratar. O indice de sucesso é sempre menor!

      Espero ter ajudado.

      Abs,

      Curtir

  2. Olá!!
    tomo já faz mais de um ano o medicamento oxcarbazepina tenho algumas alteração na minha visão anoite, vejo raios azuis em movimentos rápidos. durante o dia vejo alguns pontos brilhantes mais não chama tanta atenção como os raios azuis.
    gostaria de saber se o medicamento esta influenciando para tal efeito na minha visão.
    Obrigado!

    Curtir

    1. Wender,

      Difícil dizer com certeza!

      Alucinações visuais podem ser atribuidas tanto a drogas (medicamentos) em uso quanto à propria alteração neurológica em tratamento.

      Como já disse a outro internauta, alucinações visuais também são descritas em várias doenças como AVC, esclerose múltipla, epilepsia, demência frontotemporal e doença de Parkinson entre outras.
      O córtex cerebral associativo é a parte do cérebro que nos permite comparar sensações (visuais, térmicas, olfativas,táteis e auditivas) causadas por estímulos atuais à outras já percebidas anteriormente, estabelecendo um padrão e modulando nosso comportamento e julgamento a respeito desses estímulos. O hemisfério direito é o responsável pelos erros de percepção e onde podem se originar as alucinações (e/ou ilusões).

      Algumas drogas (as mesmas usadas para tratar ansiedade e outros distúrbios neuropsiquiátricos) podem causar alucinações visuais que na bula (na referencia a efeitos colaterais) são citados como “distúrbios visuais”.

      Converse com seu neurologista, ele tem mais conhecimento em relação aos secundarismos (efeitos colaterais) dos derivados da carbamazepina do que nós, oftalmologistas. Na prática diária temos poucos relatos porque a imensa maioria dos pacientes refere a queixa ao proprio neurologista Muitas vezes nem a mencionam (sensação visual) na consulta de rotina ao oftalmologista.

      De qualquer forma vou consultar a literatura (Fraunfeld é um autor estrangeiro que compilou efeitos colaterais oftalmologicos possiveis/prováveis dos medicamentos de uso sistemico) e torno a escrever,ok?

      Abs,

      Elizabeth

      Curtir

  3. Tenho 52 anos e há quatro anos e meio atrás tive uma oclusão da veia central da retina no olho direito, de causa idiopática, causando escotomas. Um mês e meio antes deste evento, tive um episódio parecido que teve resolução natural e, por isso, não dei importância. Passei por cardiologista, hemato e clinico geral, mas nenhum descobriu a causa. Desde então tomo aspirina prevent 100mg/dia. Observei há cerca de dois meses que tb estou com dois escotomas no olho esquerdo. Não sei se vieram junto com aquele episódio, se foi antes ou depois. Estou com receio de ter outros eventos e ter novas sequelas. O que posso fazer para evitá-los? Devo tomar algo mais forte, como agir num episódio (o dois que tive foram dormindo)? Preciso de uma luz..

    Curtir

    1. Bom dia,Cacilda!

      Obrigada pela visita ao blog e desculpe a demora em responder!

      O que você chama de escotoma? Foi realizado campo visual computadorizado? Confirmado o defeito campimétrico? Os “escotomas” atuais (?) do olho esquerdo são fixos? Não se movem quando você muda a direção do olhar? Ou são “floaters”?

      Você não refere nenhum outro dado como hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença auto-imune; se estava em uso de hormônios ou não, se tem alteração intestinal (D. Crohn), doença carotídea oclusiva ou qualquer outro estado trombofílico previamente diagnosticado. Tem ido ao oftalmologista? Como estão sua pressão intra-ocular e seus discos ópticos? Tem história familiar de glaucoma? (OVCR é mais prevalente em portadores de glaucoma).

      A oclusão (parcial ou total) de um vaso grande (arterial ou venoso) pode acontecer por aumento da viscosidade sanguinea (doenças infecciosas, metabólicas, inflamatorias, auto-imunes,hematológicas,etc) ou pela lentificação ou turbilhonamento do fluxo sanguineo. Causa possiveis de turbilhonamento são inflamação da parede do vaso,formação de placas,alteração da forma e tamanho das células sanguineas e/ou alteração anatomica pré-existente que possa dificultar o fluxo sanguineo (no caso do nervo óptico, onde estão a art. e veia central da retina,um disco pequeno “crowded” ou a presença de drusa de n. óptico). Ou ainda, o aumento da pressão intra-ocular por dificuldade de drenagem do humor aquoso.

      Como o episódio (OVCR) tem mais de quatro anos, se você questiona medidas preventivas outras além da aspirina, deveria fazer uma reavaliação em relação a doença vascular oclusiva (todas as possíveis causas). Um novo “check-up”.

      E nunca é demais lembrar que o que podemos (e devemos) fazer para tentar mudar o cenário da doença (qualquer que seja ela, mas principalmente quando se trata de disfunção vascular) é manter uma dieta equilibrada e própria a cada individualidade bioquímica e voltarmos a ser pró-ativos fisicamente,ou seja, retomar o exercicio aeróbico e evitar o sedentarismo.

      Abs,

      Elizabeth

      Curtir

    1. Regina,

      Voce se refere à paralisia cerebral?
      Hipoxia relativa…apenas do nervo óptico…desconheço.
      Voce se refere à fibroplasia retrolental, em bebes de baixo peso ao nascer ou prematuros?
      Gostaria de poder ajudar mais, se entendesse melhor do que se trata.

      Abs

      Curtir

  4. Olá!!!

    Tenho um amigo que perdeu sua visão após retirar um tumor na cabeça…segundo ele me explicou que o tumor pressorizou o nervo óptico, ficando pálido.

    Pelo que andei lendo não tem um tratamento para que ele volte a enchergar ou tenha uma qualidade de vida melhor.

    Mais acredito nos esforços constantes dos médicos avanços da medicina e, etc…estou buscando ajuda, porque acredito que em um curto periodo esse problema será tratado tbem, mesmo tendo a conciencia que é um problema inrreversivel a principil, mas acreditamos nos avanços da medicina e, confiamos em DEUS, estou fazendo minha parte que é o possivel enviar esse pedido de socorro para meu amigo cujo o nome dele é Anibal do Nascimento, caso alguem ler e puder nos orientar com possiveis tramento o Anibal tem interesse em fazer.

    Com relação a custo ele está disposto a gastar o que for nescessario…

    desde ja nos muito obrigadao,sem mais.
    ROBER CRISTIANO DE VITO

    Curtir

    1. Rober,

      Você está certo. Ainda não existe terapeutica que regenere fibras nervosas, mais especificamente nervo óptico.
      As terapias ditas neuroprotetoras ainda não são realidade em relação ao olho e mesmo assim teriam utilidade em casos de doença cronica para impedir ou lentificar a perda visual.
      Em relação à amaurose (perda visual total), em teoria, os recursos, se já estivessem disponiveis seriam apenas próteses (epirretiniana, protese de nervo óptico ou mesmo cortical).Mas se forem uma realidade possível…elas estão ainda muito, muito distantes!

      Mas diga ao seu amigo que o melhor conselho neste momento é cuidar muito bem do olho que funciona. Exames de rotina anuais ou bianuais (dependendo da idade), com mapeamento de retina incluidos para garantir função visual de qualidade enquanto viver!

      A visão (mesmo monocular) é um dos sentidos mais caros à espécie humana. E deve ser mais valorizada ainda por aqueles que de alguma forma sentiram a perda da qualidade visual anterior por alguma fatalidade.

      E lembre-se de que estar vivo e com saúde já é uma conquista e tanto!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s