Hábito de fumar e cirurgia refrativa…qual a relação?

Este post é resultado do comentario à pergunta de um internauta:

“…Fiz uma cirurgia a Laser PRK há 30 dias, e gostaria de saber se o uso de maconha prejudica na recuperacao?…”

 

Os olhos sofrem com agressores ambientais como a poluição. Mas a fumaça dos cigarros é tão nociva quanto a fumaça das fábricas, dos carros e de outros poluentes. Ela irrita a conjuntiva ocular (parte transparente que cobre o tecido branco escleral).

Médicos lembram a seus pacientes que a fumaça aumenta a evaporação da lágrima e com isso reduz a proteção da superfície ocular levando a sintomas de ressecamento ocular, no olho cronicamente exposto.

Um oftalmologista disse em    http://www.draeciodias.med.br/cuidados-diarios/o-cigarro-x-seu-olho  :

“…vários componentes da fumaça do cigarro estão diretamente associados à irritação ocular, induzindo desde leve hiperemia (olhos vermelhos) até lacrimejamento excessivo e, cronicamente, olho seco por lesão às células conjuntivais responsáveis pela produção de mucina, indispensável à estabilidade da lágrima…”

Acrescentaria que a lágrima é composta de três camadas que mantém uma relação constante entre si: água, óleo e muco. Quando a composição da lágrima é alterada (por excesso de óleo nas doenças inflamatórias palpebrais ou falta de muco e/ou água como na exposição crônica à fumaça (de qualquer cigarro) ela se torna instável e o filme lacrimal se rompe mais rápido que o habitual: surgem então os sintomas do olho seco.

O Lasik é sabidamente uma técnica refrativa “indutora de olho seco”. O efeito neurotrófico e a mudança no formato da córnea  juntos mudam a dinâmica lacrimal, contribuindo para a instalação do ressecamento da superfície ocular ou agravamento de olho seco prévio.

No link acima o autor comenta em relação à cirurgia refrativa (lasik) que: “… quanto maior o grau de sofrimento da superfície corneana causada pelo olho seco e pelo cigarro, maior a chance de ocorrerem alterações não desejadas no grau (refração) final destes pacientes”.

Para um melhor resultado funcional (e redução de complicações pós operatórias imediatas e tardias) deve-se otimizar a superfície ocular antes e depois da cirurgia através de medicação tópica e nutrição funcional,além de outras medidas.

Não conheço na literatura cientifica nenhuma citação específica relacionando o uso de “cannabinoides” (forma industrializada ou “in natura”) à efeitos negativos  relacionados à cirurgia refrativa. Não há consenso em relação ao uso medicinal oftalmológico (hipotensão ocular), já em discussão há bastante tempo. A via tópica ocular (ideal) da droga ilícita ainda não existe. A tentativa de se isolar o grupamento químico responsável pelo efeito hipotensor ocular (para limitar os efeitos indesejáveis a longo prazo, além da dependência) não se mostrou eficaz. Menos tempo ainda se teve para avaliar possíveis efeitos negativos dessas mesmas substancias em relação à cirurgia refrativa.

Mas o simples fato de ser fumante e, portanto, possivelmente portador de olho seco (dependendo do tempo e freqüência de uso), já torna o individuo alvo mais fácil de complicações oftalmológicas futuras (curto, médio e longo prazo) relacionadas ao Lasik.  Na técnica de cirurgia refrativa conhecida como PRK é menor o risco de olho seco, que seria o complicador principal relacionado à exposição cronica à fumaça (antes e depois da cirurgia), a meu ver.

Vários fatores se somam para levar a esses desfechos, não apenas a fumaça, lógico. Mas se eu fosse fumante teria certamente mais cuidado em relação à opção cirúrgica para reduzir o uso de lentes corretoras. Especialmente (mas não apenas…) em relação ao Lasik.Teria que escolher entre a dependência do cigarro (seja qual for a origem do fumo) ou a dependência do colírio (que pode ser por tempo indeterminado caso coexistam múltiplas situações geradoras de olho seco).

Nunca é demais lembrar que fumar faz mal à saudeoftalmológica também…e infelizmente não apenas em relação ao olho seco: a DMRI que ,segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), será  a principal causa de cegueira nos paises desenvolvidos, tem no hábito de fumar o principal fator de risco evitável!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s