A visão na catarata, na DMRI e no glaucoma…

 

No processo de envelhecimento, três situações de disfuncionalidade podem afetar nossa capacidade visual com maior freqüência: a catarata, a degeneração macular relacionada à idade e o glaucoma.

 

DIFICULDADE VER CATARATA

O cristalino é uma lente transparente que existe dentro do olho para aperfeiçoar a imagem, como os óculos, no caso dos indivíduos que precisam de correção para “melhorar” a imagem do que vêem. Na catarata esta lente se opacifica aos poucos e diminui a qualidade da visão.

 

VISÃO NA DMRI 2

Na degeneração macular relacionada à idade acontecem alterações bioquímicas e depois anatômicas e estruturais na área central da retina, que é a responsável pela visão de detalhes. A DMRI nos priva ou dificulta muitíssimo a leitura, a condução de um veículo ou o simples ato de ver televisão. A chamada visão central é a que define a imagem à nossa frente.

VISAO GLAUCOMA ESTAGIOS

Ao contrário, o glaucoma acomete a visão periférica e, com isso, cada vez mais vemos como através de um buraco que vai se estreitando. Normalmente, ao olharmos em frente, somos capazes de perceber objetos, coisas e pessoas que estão ao nosso lado, em todas as direções, sem que precisemos dirigir nossa atenção a elas. A chamada visão periférica vai se perdendo ao longo da doença glaucomatosa. Passamos a enxergar como se estivéssemos olhando através de um tubo, não percebendo o entorno. Em alguns casos, acaba acometendo também a visão central e leva à cegueira total.

 

Das três condições, a catarata é a única que é completamente reversível, com a cirurgia, quando ela estiver bem indicada. A DMRI ainda não tem tratamento eficiente, apenas tentamos manter pelo maior tempo possível a capacidade visual do paciente. Entretanto devemos, mais do que nunca, investir na prevenção. Quanto ao glaucoma, o tratamento pode manter o olho estável pelo tempo de vida do individuo. Mas é contínuo e “para sempre”. Mesmo que se opere, o que só é feito quando a medicação não é capaz de estabilizar a doença, o glaucoma continua evoluindo, embora mais lentamente. Todos os recursos são utilizados, tanto na DMRI quanto no glaucoma, para estabilizar a doença e retardar a perda visual central ou periférica, respectivamente.

 

Vamos investir mais na prevenção? Ainda é o melhor remédio!

 

Anúncios

3 comentários

  1. Eu tenho 62 anos eu gostaria de ganhar de presente ficar uma semana em hospital para fazer todos os exames porque aqui em Bauru é muito demorado. Gostaria de ir pra São Paulo.Em posto de saúde está muito dificil.E não dá para esperar mais!

    Curtir

    1. Ezequiel,

      Em São Paulo o Instituto da Visão é unidade de referencia em Oftalmologia. Compromisso com a qualidade de assistencia aos pacientes e atende também a usuários do SUS (não sei em que brevidade de tempo, mas lembre-se que quase nunca pode-se dizer que a pressa venha atrelada ao bem fazer e ao bom resultado tão esperado).

      Atendimento ao paciente do SUS – Sistema Único de Saúde
      Conforme informação obtida no próprio site da entidade (veja link abaixo),
      http://www.institutodavisao.org.br/

      “…O Instituto da Visão tem celebrado com a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo e Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo termos de convênio para atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde, trazendo a estes a possibilidade de atendimento de qualidade, com equipe de profissionais altamente capacitada e qualificada, trabalhando para garantir a melhoria da qualidade de visão e vida dos pacientes. Essa ação vai de encontro com a missão da entidade, que é de contribuir para os avanços da oftalmologia e torná-los acessíveis a todos, independentemente de sexo, etnia, cor e condições socioeconômicas”.

      CONVÊNIOS SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE
      Complexo Regulador Municipal (Ermelino Matarazzo)
      Ambulatório de Especialidades Tito Lopes da Silva

      CONVÊNIO SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE
      NGA Várzea do Carmo

      Leia na integra a entrevista com o diretor da entidade (Instituto da Visão),disponibilizada no link abaixo:

      http://www.universovisual.com.br/publisher/preview.php?edicao=0910&id_mat=4903

      “Como o senhor descreveria o Instituto da Visão hoje?
      Michel Eid Farah – É importante lembrar que o Instituto da Visão é uma entidade filantrópica, que tem o objetivo muito bem definido de auxiliar o desenvolvimento da medicina, principalmente na área oftalmológica e da comunicação visual. Do ponto de vista médico, o Instituto da Visão tem como objetivo aperfeiçoar a assistência, o ensino e a pesquisa na área oftalmológica, e propiciar uma assistência de qualidade aos nossos pacientes.
      Possuímos todos os tipos de atendimento. Recebemos principalmente pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) que necessitam de procedimentos especiais, e oferecemos o que há de mais moderno em oftalmologia no país: equipamentos, instalações adequadas, procedimentos especiais, entre outros”.

      Espero que a informação possa ajudá-lo!

      Boa sorte!

      Abs,

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s